Como os locais aproveitam suas férias de verão na Europa - - Bate Papo Blog - Turismo na Europa - Turistando na Europa

Como os locais aproveitam suas férias de verão na Europa?

Descubra como a maioria dos europeus aproveitam suas férias de verão.

Como os locais aproveitam suas férias de verão na Europa | Turismo na Europa | Turistando na Europa | Dicas de Turismo na Europa | Vida de Imigrante | Férias na Europa

Muitas pessoas sonham em visitar e viver a experiência de curtir um verão na Europa, não é mesmo?!

A grande maioria dessas pessoas foram influenciadas por filmes e séries com destinos apaixonantes, luxuosos e paradisíacos. Infelizmente ter piscina exclusiva, drinks à beira mar e mordomos a sua disposição custam muito dinheiro por dia, imagine só passar uma semana ou o verão inteiro em um resort ou hotel 5 estrelas…

Infelizmente essa é a realidade da minoria da população mundial e não somente dos europeus.

E felizmente a grande maioria dos europeus curtem suas férias de maneira diferente e muito mais divertida.

Aqui em Londres faz frio a maior parte do ano, por isso a grande maioria dos britânicos procuram destinos ensolarados e de preferência com um câmbio mais baixo em comparação a moeda deles (libra esterlina)  para tentar obter o máximo de diversão com o menor custo possível.

Como os locais aproveitam suas férias de verão na Europa?

Alguns destinos durante o verão se transformam em uma extensão do Reino Unido por abrigar tantos hóspedes de uma só vez. Alguns desses destinos favoritos são: Faro (Portugal), Ibiza, Maiorca, Ilhas Canárias (na Espanha),  a ilha de Chipre e as ilhas gregas.   

Mas nem todo europeu permanece dentro do continente, eles também viajam para outros destinos em busca do sol e preços mais baixos como Jamaica, Austrália e Turquia ainda sim bem mais barato do que se fossem viajar dentro da Europa durante a alta temporada.

Porém neste artigo você irá descobrir outras maneiras de aproveitar o verão e adquirir experiência como eu europeu raiz.

Não queria te desapontar, mas a realidade é que absolutamente todos os hotéis ou qualquer outro meio de hospedagem nesse período ficam super caros, o que já é um grande problema para quem viaja em família.

Outro detalhe que não posso deixar de mencionar é que as férias de verão aqui na Europa começam em Junho se estendendo até final de Agosto, pois é quando a maioria das crianças retornam para mais um ano letivo. (Oficialmente o verão inicia dia 20 de Junho e termina no dia 20 de Setembro de cada ano.)

Pensando nisso, foi criado uma alternativa há anos atrás e que vem ganhando adeptos a cada ano que passa.

Frequentemente esse local é chamado “Holiday Park” que quer dizer em uma tradução livre “Parque das Férias”.

Caravana em Holiday Park - Bate Papo Blog - Turismo na Europa - Turistando na Europa
Foto de um Holiday Park e suas caravanas | Reprodução Internet

Para que vocês consigam entender bem como funciona acredito que a melhor maneira seria explicar que lembra muito como se fosse um condomínio de casas e com toda uma infraestrutura turística para suporte.

Cada parque possui uma forma diferente de habitação, alguns oferecem apartamentos, chalés, caravanas, espaço para acampamento feito com barracas ou até mesmo espaço para estacionar o seu motorhome e conectar na eletricidade (aquele carro que parece uma van equipado para ser utilizado como casa.

Vale destacar que é claro os preços variam devido a época do ano escolhida e capacidade de pessoas dentro de uma mesma unidade de hospedagem.

Você deve estar se perguntando o que são caravanas?

Eu sou carioca e só me lembro de ter ouvido falar em caravanas quando assistia aos programas do Silvio Santos no SBT falando sobre as caravanas de ônibus alugado para levar pessoas de um local ao outro para assistir na plateia ao vivo.  

Por outro lado, essa aqui é uma foto da caravana que quero dizer que é utilizada como casa nesse Holiday Park na Europa.

Existem diversos tipos de caravanas e com vários quartos disponíveis. Todas as vezes que utilizamos esse tipo de turismo utilizamos a caravana de 2 quartos, já que somos uma família de quatro pessoas, sendo dois adultos com duas crianças.

As caravanas se tornam basicamente sua casa pelo período alugado pois todas elas possuem sala, quartos, banheiro, varanda, estacionamento e cozinha.

Ah! Vale destacar que eles são completamente equipados com pratos, panelas, copos, talheres, cafeteira e alguns utensílios básicos para você se aventurar na cozinha.

Ah! Outro detalhe é que você também precisará cuidar da limpeza do chalé durante toda a estadia. 

Bem como, Você precisará entregar a caravana exatamente do mesmo modo que quando pegou as chaves e a grande maioria te fornece produtos de limpeza no último dia para que você possa realizar a limpeza com os produtos corretos.

Frequentemente tem pessoas que não querem realizar a limpeza, não tem problema, você pode pagar em média de 70 euros (preço em 2011) para que outra pessoa faça por você.

Geralmente eu limpo sozinha, pois todos os dias após finalizar a nossa refeição eu lavo a louça e dou um jeitinho na caravana para não ficar tão bagunçado, ou seja, no último dia não está tão ruim para limpar antes de realizar o check-out.

O melhor de tudo isso é que é possível encontrá-los em muitos países e em centenas de cidades espalhadas no velho continente.

Existem muitas empresas especializadas nesse serviço, vou deixar o link e o nome de algumas delas no final do post. 

O primeiro passo é escolher o país e decidir se você deseja viajar para aproveitar o sol e praia ou deseja curtir ar puro para fazer trilhas e caminhadas em montanhas e lagos.

Geralmente em todos os parques você encontrará além das caravanas, bares, restaurantes, mini mercado, padaria, piscina interna e externa, clube de entretenimento para crianças, salão de jogos, lojinha de conveniência onde é possível comprar boias/coletes salva vidas para crianças,  bolas, bola e raquetes de ping pong entre outras coisas que você possa precisar durante sua estadia.

Vale lembrar que em alguns locais pode ser difícil de encontrar pessoas que falem inglês, aconteceu conosco durante nossa estadia na Holanda.

Felizmente apenas o recepcionista falava inglês, o que tornou nossa viagem uma pouco mais desafiadora ao visitar restaurantes e atividades coletivas que eram oferecidas e eram realizados na língua local o holandes (Dutch).

Outro detalhe importante é que muitas pessoas viajam dentro da Europa utilizando companhias aéreas de low cost e por terem os preços tão acessíveis, elas limitam o tamanho e o peso da bagagem dificultando as viagens para esse tipo de turismo.

A melhor maneira de aproveitar esses parques é mesmo utilizando seu próprio carro ou alugando um, pois a grande maioria desses parques não ficam localizados em grandes cidades e alguns têm difícil acesso através de transporte público.

Vale lembrar que essas pessoas são locais ou de algum país vizinho com o mesmo objetivo que você, aproveitar férias como um europeu.

Estes parques são super populares e muito provavelmente durante o verão o parque que você estiver estará lotado!

Já aconteceu comigo de visitar bares e restaurantes dentro do parque e me frustrar por não conseguir uma mesa disponível para o jantar.

Você pode explorar as outras opções de restaurantes ou fazer sua própria comida no chalé.

Uma dica importante: tenha sempre a velha amiga de todas as horas disponível, a Pizza Congelada do freezer, rs. 

Mas confesso que não posso nem reclamar, pois no mesmo dia  em que não conseguimos comer nesse restaurante super fino, foi um dos melhores dias da equipe de animação na beira da piscina.

Então tente aproveitar cada momento, mesmo que por algum instante algo saia do planejado. 

 Vilanova y La Geltrú Caravana em Holiday Park - Bate Papo Blog - Turismo na Europa - Turistando na Europa
Calçadão da praia de Vilanova Y La Geltrú


Nossa primeira experiência de férias como um europeu no velho continente.

A primeira vez que vivemos essa experiência de se hospedar em caravanas aconteceu quando morávamos em Portugal no ano de 2010 e resolvemos visitar Barcelona.

Começamos a pesquisar os preços de passagens e hotéis para o período desejado e infelizmente estava acontecendo uma feira internacional em Barcelona que elevou os preços das diárias no centro da cidade.

Por sorte nós temos um amigo que mora por lá e nos falou sobre as cidades da região de praias de Barcelona. Começamos a pesquisar e BINGO! Achamos um local fantástico que atendia às nossas necessidades e com um preço que cabia no nosso bolso.

Como era de se esperar compramos a passagem com a Ryanair (uma empresa aérea de low cost) e tínhamos apenas direito a uma bagagem de mão de no máximo 10 kg por pessoa.

Como minha filha tinha apenas 2 anos de idade no momento da viagem, foi um pouco complicado levar somente 10 kg por pessoa.

Vale destacar que visitamos durante o mês de Março que teoricamente já é primavera mas os dias ainda estavam bem frios. 

Compramos nossas passagens bem baratas, se não me engano custou cerca de 15 euros por pessoa (cada trecho) Porto x Barcelona x Porto, ou seja, 330 euros ida e volta

OBS.: Esse valor não inclui refeição durante o voo, sendo apenas utilizado como o próprio nome diz AIRBUS = Ônibus Aéreo.

Embarcamos sem problemas e chegamos em Barcelona por volta das 19h, nosso amigo que é cidadão catalão foi nos buscar no aeroporto de carro e nos levou até o nosso Holiday Park que fica cerca de 30/40 minutos de distância de Barcelona em uma cidadezinha no litoral chamada Vilanova Y La Geltrú.

Chegamos para realizar o check-in por volta das 20/21h e como já estava escuro não vimos quais a infraestrutura estavam abertas ou o que tinha pelo caminho até o nosso chalé dentro do parque.

No primeiro momento chegamos, abrimos o chalé e foi amor à primeira vista! O Chalé era todo construído em madeira, haviam dois quartos, sala, cozinha, banheiro e um mezanino onde mais umas 3 pessoas poderiam dormir confortavelmente.

Depois de uma breve admiração do chalé, guardamos as malas e ficamos do lado de fora do chalé conversando na varanda com o nosso amigo sobre o que faríamos no dia seguinte, porque afinal de contas era a minha primeira vez em Barcelona. 

Depois que ele foi embora, resolvemos comer algo e tomar um banho, enquanto meu marido foi olhar o que poderíamos comer eu levei minha filha para tomar banho

e nesse momento tivemos uma surpresa…

Não havia sabonete ou aquelas miniaturas de shampoo disponíveis e nem mesmo as toalhas de banho, de chão ou rosto para nos secarmos, foi um susto e por sorte que havia levado uma toalha de praia para minha filha que conseguiu apenas lavar o corpo com água.

Pronto havia começado nosso perrengue chic, rs.

Meu marido correu na recepção do parque para ver o que poderia ser feito e por ser fora da temporada, a rouparia já estava fechada e não havia ninguém que pudesse resolver nosso problema no parque.

Rapidamente ligamos para nosso amigo e acabamos notando que também não havia roupa de cama disponível (lençol, fronhas, travesseiros e cobertores) então pedimos para ele trazer algo para nos ajudar.

Ele trouxe tudo e ainda alguns brinquedos para distrair minha filha pelos próximos dias da viagem.

Outro detalhe foi a questão da alimentação, meu marido enquanto retornava da recepção descobriu no caminho para o nosso chalé um mini mercado, o que foi ótimo pois conseguimos comprar algumas coisinhas para nos alimentarmos naquele dia.

Compramos alguns itens bem básicos como purê de batatas congeladas, vegetais congelados, pães, leite, ovos e nuggets.

do mesmo modo, O mercadinho também não tinha muitas opções disponíveis e era somente para passar aquela noite, pois os outros dias iríamos estar fora do chalé o dia inteiro.

Viajar fora da alta temporada tem seus prós e contras…

Prós:  bom custo benefício comparado aos preços de hospedagem, passagem aérea e passeios turísticos na alta temporada. Praias vazias, fácil achar um local para estacionar na cidade ou em atrações turísticas, preços “normais” em restaurantes e supermercados.

Contra: Muitos restaurantes fechados ou com horário de funcionamento reduzido devido a pouca demanda, temperaturas oscilantes, dentro do Holiday Park não tem o serviço de animação ou clube para crianças além das piscinas externas permanecerem fechadas.


Se você quiser saber mais sobre esse tipo de turismo recomendo buscar no google ou visite aqui no link para acessar o site do maior e um dos melhores sites para esse tipo de turismo, o EUROCAMP. Essa marca possui parques em 9 países da Europa:

1-França

2- Itália

3- Espanha

4- Holanda

5- Aústria

6- Suiça

7- Alemanha

8- Luxemburgo

9- Croácia

https://www.eurocamp.co.uk

Aqui no Reino Unido a empresa mais forte é a CANVA HOLIDAYS, pois em todos os seus parques os membros da equipe falam em inglês com seus hóspedes, mesmo que você esteja em qualquer lugar que não fale inglês como na Holanda.

Portanto, todas as atividades para adultos e crianças são realizadas em inglês, que na realidade não deixa de ser um luxo para quem não consegue se comunicar em outro idioma. Essa empresa possui Holiday Parks em 10 países.

1- Portugal

2- Espanha

3- França

4- Holanda

5- Bélgica

6- Aústria

7- Luxemburgo

8- Croácia

9- Suiça

10- Itália

https://www.canvasholidays.co.uk/

Dentro desses países existem dezenas de opções em diversas cidades.

Em conclusão, recomendo que você explore o site, veja fotos e vídeos das habitações, assim como toda a infraestrutura do parque para você encontrar o local certo para suas férias, não passar perrengue e saber o que você deve levar nessa viagem.

Para saber mais sobre o que levar na viagem leia nosso artigo – O que levar na mala durante as férias na Europa em caravanas.

Leia também:

O que fazer na primavera em Londres

O que fazer no outono em Londres

O que fazer no verão em Londres

Pubs mais antigos em Londres

Dicas essenciais de inglês para viajantes

Guia completo para Disneyland de Paris

Vale a pena visitar a Disney de Paris

Quanto custa viajar para a Disney de Paris

Similar Posts

One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.